Brasas

O recado de Patos

9 de outubro de 2018 às 17h41

Em Patos, o eleitor deu um sintoma de cansaço com a política tradicional local. O deputado estadual Nabor Wanderley (PRB), que em 2014 havia contabilizado 20 mil votos, caiu para 12.200. Hugo Motta (PRB), deputado federal, baixou a votação de 30 mil para pouco mais de 12 mil.

Gustavo Wanderley (PV) amargou pífios 4.111 mil votos. Bem longe dos 15 votos alcançados pelo irmão, em 2014, o prefeito afastado Dinaldinho Wanderley (PSDB).

Em contrapartida, Doutor Érico (PPS), um novato, arrebatou 14.626 dos da sua votação total de 20 mil votos. Saiu praticamente eleito da cidade.

Vídeo

Vídeo: líder da oposição surpreende e fala em “posições positivas” de João


Nulidades

Para Dona Candinha, o governo tem uma categoria mais problemática do que a dos idiotas úteis:

"A dos idiotas inúteis!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Há bombeiros com água suficiente para esfriar o clima de acirramento interno entre o PSB e o governo?
NÚMERO

12,4%

Número de estagiários com mais de 27 anos, segundo pesquisa realizada pela Companhia de Estágios.