Bastidores

Veneziano: “Eu soltei um grito que estava preso na garganta”

8 de outubro de 2018 às 13h48

“Eu soltei um grito que estava preso na garganta”. O desabafo é do senador eleito da Paraíba, Veneziano Vital (PSB), referindo-se ao período de “humilhações” que viveu, após a derrota na eleição de 2016, em Campina Grande, cidade pela qual foi prefeito duas vezes.

Veneziano lembrou que foi espezinhado por adversários. A comemoração da vitória serviu de desforra por tudo o que aliados e “companheiros” sofreram.

A declaração foi ao Arapuan Verdade, da Rede Arapuan de Rádio.

Vídeo

Vídeo: Heron Cid frente a frente com Heron Cid


Sai mais em conta

Dona Candinha aprovou o convite de Bolsonaro ao filho, Eduardo, na embaixador dos Estados Unidos e até torce para nomeação dos outros dois ‘garotos’ do presidente em novas embaixadas:

"Três problemas a menos!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ainda tem político no Brasil que se sinta confortável e seguro de trocar mensagens via aplicativos?
NÚMERO

0,9%

Crescimento da inadimplência no primeiro semestre de 2019, segundo pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Esta, no entanto, é a segunda menor variação desde 2012, quando a inadimplência cresceu 5,8% no primeiro semestre daquele ano.