Bastidores

Lira anuncia voto em Bolsonaro: “Pensei no Brasil”

5 de outubro de 2018 às 13h54

O senador Raimundo Lira (PSD-foto) surpreendeu, hoje (5), ao declarar voto em Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. “Pensei no Brasil e pensei na democracia. O programa de Bolsonaro pode devolver o prestígio do Brasil em nível internacional”, disse em entrevista à Rede Arapuan de Rádio, em João Pessoa.

Lira saiu em defesa dos ataques de adversários ao candidato do PSL. “Ele não é contra nada. É porque não poderiam dizer que ele era corrupto. O movimento Ele não terminou dando impulso à sua candidatura porque as pessoas viram que ele estava sendo injustiçado”, enfatizou.

Raimundo Lira também explicou porque não segui a candidatura de Henrique Meirelles, o candidato do MDB, partido do qual foi filiado e até líder no Senado:

“O candidato tem que encantar as pessoas, que empolgue. Meirelles, desde a chegada, não empolgou. Da mesma forma, Alckmin, apesar de ter sido governador de São Paulo três vezes, não empolgou”.

Vídeo

Vídeo: líder da oposição surpreende e fala em “posições positivas” de João


Nulidades

Para Dona Candinha, o governo tem uma categoria mais problemática do que a dos idiotas úteis:

"A dos idiotas inúteis!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Há bombeiros com água suficiente para esfriar o clima de acirramento interno entre o PSB e o governo?
NÚMERO

12,4%

Número de estagiários com mais de 27 anos, segundo pesquisa realizada pela Companhia de Estágios.