Bastidores

Ibope: Bolsonaro cresce 4 pontos; rejeição de Haddad sobe

2 de outubro de 2018 às 09h34
Arte (Antonio Lucena/VEJA)

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro , cresceu quatro pontos percentuais e chegou a 31% das intenções de voto, segundo o Ibope , ampliando para dez pontos a vantagem sobre o segundo colocado, Fernando Haddad (PT), que se manteve estável com 21%. É a maior distância entre os dois desde meados de setembro, quando foi feito o primeiro levantamento que captou a oficialização do ex-prefeito de São Paulo como candidato petista, no lugar do ex-presidente Lula.

Além de não ter elevado seu patamar em uma semana, a nova pesquisa trouxe outra má notícia para Haddad: a disparada de sua rejeição, que saltou 11 pontos — era de 27% na quarta-feira e chegou a 38% nesta segunda-feira. A rejeição a Bolsonaro ficou estável, em 44%.

O Globo

Vídeo

Vídeo: Heron Cid frente a frente com Heron Cid


Sai mais em conta

Dona Candinha aprovou o convite de Bolsonaro ao filho, Eduardo, na embaixador dos Estados Unidos e até torce para nomeação dos outros dois ‘garotos’ do presidente em novas embaixadas:

"Três problemas a menos!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ainda tem político no Brasil que se sinta confortável e seguro de trocar mensagens via aplicativos?
NÚMERO

0,9%

Crescimento da inadimplência no primeiro semestre de 2019, segundo pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Esta, no entanto, é a segunda menor variação desde 2012, quando a inadimplência cresceu 5,8% no primeiro semestre daquele ano.