Bastidores

Vídeo: quem espalha notícia falsa está caluniando, adverte especialista

27 de setembro de 2018 às 21h10

Compartilhar informação falsa contra candidatos é uma conduta passível de punição. “Quando você compartilha notícia falsa, você está caluniando”, adverte o advogado eleitoralista Carlos Fábio Ismael. Ou seja, o crime não é só de quem cria o conteúdo mentiroso, mas de quem espalha.

“Compartilhar gera consequência. Nesse período eleitoral, várias notícias surgem com o interesse de denegrir alguém, como criar também uma expectativa falsa na cabeça do eleitor”, disse Carlos Fábio, em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB.

Confira:

Vídeo

Entrevista: Anísio, da “roça” da suplência à “produção” da Assembleia


APP

Dona Candinha já tem novo nome sobre o aplicativo de mensagens russo:

"Telegrampo!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com deputado federal, senadora e vice-prefeito, o PP vai se contentar apenas com a vice na chapa apoiada por Romero em Campina Grande?
NÚMERO

361%

Crescimento da produção parlamentar da Assembleia Legislativa da Paraíba, em comparação ao mesmo período do ano passado.