Bastidores

Síndrome paraibana: mais um prefeito renuncia

9 de agosto de 2018 às 08h54
Jeová José, prefeito de Alagoinha, jogou a toalha

Léo Abreu, de Cajazeiras, foi o estreante na lista dos últimos renunciantes mais recentes. Depois, veio o controverso Luceninha a ‘abdicar’ do poder de gestão de uma das maiores receitas municipais da Paraíba. Ontem, foi a vez do prefeito da cidade de Alagoinha, Jeová José (MDB), renunciar ao cargo. O gestor alega problemas de saúde.

Longe de Alagoinha, uma pergunta: saúde física ou saúde financeira?

Vídeo

Entrevista: deputado mais jovem conta como sobrevive na cova dos veteranos


Abraham Weintraub

Dona Candinha diz que a Educação no Brasil está igual ao nome do ministro:

"Difícil! "

PONTO DE INTERROGAÇÃO
O que houve no orçamento da UEPB nos últimos anos foi corte ou contingenciamento?
NÚMERO

R$ 24.333.778,89

Recursos que serão recebidos, via FPM, pelas prefeituras paraibanas no mês de maio.