Bastidores

Racionamento: Governo critica ‘achismo’

21 de agosto de 2017 às 17h59
Luís Tôrres, passaporte renovado na Comunicação

O secretário de Comunicação do Estado, Luís Tôrres, criticou, em contato com o Portal MaisPB na tarde desta segunda-feira (21),  a decisão da juíza Ana Carmem Pereira Jordão, que suspendeu o fim do racionamento de água em Campina Grande.

“O governo vai recorrer com base nos dados técnicos, que apontam a segurança no fim do racionamento e a garantia desse fornecimento normalizado e não uma ação montada no achismo e na inspiração política. Vamos continuar lutando para garantir o direito da população de Campina Grande a ter acesso normalizado da água”, declarou.

O Governo vai esticar a corda ao máximo. O cálculo é simples. O Estado aparece como a solução e os demais órgãos como o empecilho para a água.

O Governo acha que ganha a briga por gravidade…

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “Coronavírus lá fora e o efeito dentro da gente”


Os próximos 9 meses

Assanhada, Dona Candinha diz que nem tudo é privação e saiu-se com essa:

"Vêm aí os filhos da quarentena!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Na roleta russa lançada, quem vai arriscar sair de casa?
NÚMERO

240 mortes

Levantamento os casos do Brasil no último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, na noite desta quarta-feira.