Opinião

A voz da Paraíba que o Brasil ouve

8 de julho de 2017 às 10h21 Por Heron Cid

Até quem tem restrições ou críticas ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB) precisa admitir: poucos paraibanos na nossa história recente conseguiram produzir um mandato com tanta influência nacional.

E não é fácil um nordestino, paraibano ainda por cima, romper o bloqueio do PIB da política ditada por paulistas, cariocas e mineiros.

O exemplo da sua fala, vazada pela Folha de São Paulo, é clássico.

Com poucas palavras a investidores, o paraibano pautou o noticiário dos grandes veículos de comunicação do País.

Sua constatação de que o Governo do presidente Michel Temer caminha para um fim próximo extrapolou as fronteiras.

Na distante Alemanha, Temer foi interpelado por jornalistas brasileiros sobre a previsão catastrófica feita pelo tucano.

Diplomático, o presidente tratou de despistar e minimizar o impacto.

Em vão. O estrago já estava feito e em Brasília o assunto ganhou corpo, assim como a possibilidade de Rodrigo Maia virar presidente, verbalizada por Cássio.

Na Paraíba, Cássio pode até ser muito contestado pelos adversários e alvo natural de críticas de setores da imprensa por determinadas posturas, inclusive neste Blog.

Mas é necessário dar o braço a torcer. Ele conquistou estatura nacional.

Atualmente, é a voz da Paraíba que o Brasil escuta. Para concordar ou contestar.

E o que diz exerce muita influência no centro do poder.

Temer, imprensado na Alemanha pela declaração do paraibano, que o diga.

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “Carnaval abre folia eleitoral de 2020”


Canonização

Dona Candinha sobre o encontro do ex-presidente Lula e Francisco, no Vaticano:

"Um santo e o Papa!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Se João Azevêdo e Luciano Cartaxo se entenderem, tem segundo turno em João Pessoa?
NÚMERO

200 mil

Estimativa de público, durante as cinco noites da Festa da Luz, realizada no Parque do Poeta Ronaldo Cunha Lima, em Guarabira.