Bastidores

Comentário-vídeo: Brasil, cheio de sucesso, vazio de música

2 de maio de 2017 às 18h41

A morte de Belchior, um dos maiores nomes da MPB e ícone de uma geração, gera inquietação nos meios artísticos e críticos.

Cantor referência de uma geração, compositor e tradutor de um dos momentos mais emblemáticos e conturbados da vida pública brasileira, Belchior faz falta num cenário em que a música brasileira pouco ou nada produz que mereça longevidade e lembrança na posteridade.

Este é o tema de nosso comentário. Confira:

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “2020 ditará quem liderará a oposição para 2022 na Paraíba”


Quem tem ouvidos, ouça!

Lula colocou dois aparelhos auditivos e Dona Candinha comentou:

"Ouvirá melhor o Brasil!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Quem pode ir para Secretaria de Chefia de Governo, ocupada interinamente?
NÚMERO

5%

Aumento linear para os servidores anunciado pelo Governo da Paraíba, o maior do país até agora,  segundo levantamento do Conselho dos Secretários de Planejamento e da Gestão Estratégica das Finanças.