Bastidores

Para Luciano Cartaxo, Cruz Vermelha é uma “OC”

8 de fevereiro de 2019 às 16h29

Uma quadrilha se instalou na direção da Cruz Vermelha. A expressão saiu hoje da boca do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), para defender, em seguida, o fim do contrato da gestão pactuada de hospitais estaduais da Paraíba com a organização social. “Não sou eu quem estou dizendo isso, é o Ministério Público. O Governo da Paraíba não contratou uma organização social (OS), mas uma organização criminosa (OC)”, acrescentou, criando uma nova sigla. Com toda ironia, claro.

Vídeo

Secretário de Segurança da PB vê “muita coisa boa” no Plano de Moro


Terapia federal

No auge da sua experiência, Dona Candinha já sabe o que o Governo Bolsonaro mais precisa nesse momento:

"Divã!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com quantos deputados a oposição realmente conta na Assembleia?
NÚMERO

65 e 62

Idades mínimas para aposentadoria de homens e mulheres, respectivamente, constante da proposta do Governo Federal para a reforma da Previdência.