Bastidores

‘Continuidade’ não salvou comissionados

4 de janeiro de 2019 às 10h44

Para preservar praticamente a integralidade do secretariado de Ricardo Coutinho (PSB), o novo governador da Paraíba, João Azevedo (PSB), sacou o argumento da continuidade de governo.

Ato contínuo, exonerou todos os comissionados do Estado como uma só canetada. Ou seja, a equipe que faz a gestão na ponta não teve a mesma sorte dos chefes. E nem foi alcançada pelo discurso da manutenção do “projeto”.

Vídeo

Vídeo: a soltura de Temer; Direito versus impunidade


Déjà vu

Na hora que soube da prisão de Temer, Dona Candinha lembrou logo de uma frase profética de Dilma:

"Eu quero saudar a mandioca!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
O grupo de Luciano Cartaxo ainda mira algum projeto de poder estadual no futuro e qual?
NÚMERO

Dois

Hotéis que se preparam para aportar em Cabedelo, cidade privilegiada pela beleza de sua orla marítima, mas ainda sem exploração turística proporcional ao seu potencial.