Bastidores

A Xeque Mate e o “Alemão”

6 de dezembro de 2018 às 16h50
Brasília - Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer (José Cruz/Agência Brasil)

Diferente do que se imaginava, o ministro Félix Fischer não perdeu completamente o poder sobre a Operação Xeque Mate, com a nova relatoria a cargo do ministro Benedito Maia, após a subida do processo ao STJ pela citação de autoridades dotadas de foro especial.

Na interpretação da PF e do Gaeco, a competência recursal continua sob a batuta do “Alemão”, como Fischer é mais conhecido nos bastidores. É o que reza o artigo 13,inciso II, do Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.

Eventual habeas corpus na Paraíba cai, inevitavelmente, no gabinete de Félix.

Vídeo

Secretário de Segurança da PB vê “muita coisa boa” no Plano de Moro


Imunidade alta

Dona Candinha garante que no Governo Bolsonaro ninguém gripa:

"É muita vitamina C!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com quantos deputados a oposição realmente conta na Assembleia?
NÚMERO

65 e 62

Idades mínimas para aposentadoria de homens e mulheres, respectivamente, constante da proposta do Governo Federal para a reforma da Previdência.