Brasas

Federalização, sim!

15 de outubro de 2018 às 18h36
Thompson Mariz, ex-reitor da UFCG

Em mensagem ao Blog para comentar o artigo principal de hoje, o ex-reitor da UFCG, Thompson Mariz, manifesta posição favorável à federalização do ensino – suscitado aqui neste espaço – como alternativa para elevar o nível da educação e valorizar o magistério municipal e estadual.

Ele lembra que o melhor ensino superior é público federal (e Estadual Paulista), oferecido pelas universidades. O melhor ensino técnico é o federal, ofertado pelos Institutos Federais.

“Os municípios já demonstraram ao longo dos anos que não têm competência para a gestão educacional, daí porque o melhor ensino fundamental (e o mais importante) é o particular..

Thompson discorda de especialistas, a exemplo de Luiz de Sousa Júnior, professor da UFPB, que defendem melhor distribuição dos recursos e financiamento justo para estados e municípios, em vez de federalização.

“Os municípios e estados recebem recursos vultuosos, via Fundef, em que 80% deveria ser aplicado na valorização do professor, e isso não funciona, na prática”, contestou.

Vídeo

Secretário de Segurança da PB vê “muita coisa boa” no Plano de Moro


Terapia federal

No auge da sua experiência, Dona Candinha já sabe o que o Governo Bolsonaro mais precisa nesse momento:

"Divã!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com quantos deputados a oposição realmente conta na Assembleia?
NÚMERO

65 e 62

Idades mínimas para aposentadoria de homens e mulheres, respectivamente, constante da proposta do Governo Federal para a reforma da Previdência.