Bastidores

Lira anuncia voto em Bolsonaro: “Pensei no Brasil”

5 de outubro de 2018 às 13h54

O senador Raimundo Lira (PSD-foto) surpreendeu, hoje (5), ao declarar voto em Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. “Pensei no Brasil e pensei na democracia. O programa de Bolsonaro pode devolver o prestígio do Brasil em nível internacional”, disse em entrevista à Rede Arapuan de Rádio, em João Pessoa.

Lira saiu em defesa dos ataques de adversários ao candidato do PSL. “Ele não é contra nada. É porque não poderiam dizer que ele era corrupto. O movimento Ele não terminou dando impulso à sua candidatura porque as pessoas viram que ele estava sendo injustiçado”, enfatizou.

Raimundo Lira também explicou porque não segui a candidatura de Henrique Meirelles, o candidato do MDB, partido do qual foi filiado e até líder no Senado:

“O candidato tem que encantar as pessoas, que empolgue. Meirelles, desde a chegada, não empolgou. Da mesma forma, Alckmin, apesar de ter sido governador de São Paulo três vezes, não empolgou”.

Vídeo

Secretário de Segurança da PB vê “muita coisa boa” no Plano de Moro


Terapia federal

No auge da sua experiência, Dona Candinha já sabe o que o Governo Bolsonaro mais precisa nesse momento:

"Divã!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com quantos deputados a oposição realmente conta na Assembleia?
NÚMERO

65 e 62

Idades mínimas para aposentadoria de homens e mulheres, respectivamente, constante da proposta do Governo Federal para a reforma da Previdência.