Bastidores

CMJP apreciará ‘solidariedade’ a pastor

2 de outubro de 2018 às 16h29
Eliza Virginia, vereadora de João Pessoa: críticas a Estevam Fernandes são antidemocráticas

A vereadora Eliza Virgínia (PP) apresentou, hoje (2), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP),  requerimento de voto de solidariedade ao Pastor Estevam Fernandes. O requerimento foi motivado pelas criticas que o líder religioso sofreu ao instruir em sua igreja sobre os cuidados que devem ser tomados nesta eleição. Estevam virou alvo de procedimento do Ministério Público Eleitoral. Ele será ‘investigado’ pela postura de orientar seguidores sobre o voto para presidente da República em Jair Bolsonaro (PSL).

“Esse é um ato antidemocrático arquitetado afim de calar a voz de um homem digno e que possui sua idoneidade ilibada, simplesmente pelo mesmo pensar de forma contraria a eles”, criticou Eliza.

Ainda não há previsão de apreciação do voto. Promete ser polêmico.

Vídeo

Vídeoentrevista: Jeová precisou vencer câncer, antes de ganhar eleição


Causas impossíveis

Dona Candinha não se aguentou ao ler a carta de Fernando Haddad “ao povo de Deus”:

"Só faltou fazer uma promessa a Santo Expedito!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com o apoio contundente de Ricardo Coutinho e aliados do Governo, a votação de Haddad aumenta ou cai na Paraíba?
NÚMERO

R$ 6,7 milhões

Valores de recursos aprovados pelo BNDES para projetos de recargas de veículos elétricos.