Brasas

Pedra no sapato

25 de setembro de 2018 às 18h22

Menos de quinze dias do primeiro turno, João Azevedo (PSB), candidato do PSB ao Governo da Paraíba, virou alvo de ação popular que questiona recebimento de proventos como presidente do Conselho Administrativo da Cehap, mesmo após o afastamento para a campanha. O caso se soma à denúncia de supersalários, reverberada especialmente por Tárcio Teixeira, candidato do PSOL ao Governo. A assessoria do socialista ainda não se pronunciou sobre o caso.

Vídeo

Luís Tôrres: “Esse governo não precisa inventar”


Pra evitar confusão

Dona Candinha protestando contra a ministra Damares Alves:

"Abaixo o Outubro Rosa e o Novembro Azul!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Luciano Cartaxo fará uma reforma cosmética ou cirúrgica na equipe de gestão?
NÚMERO

1.500%

Aumento das buscas no Google pelo nome da ministra Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos, após polêmicas.