Opinião

João, Zé e um alvo comum na mira: Lucélio

16 de agosto de 2018 às 10h37 Por Heron Cid
Lucélio Cartaxo é alvo de dupla mira; um dado que revela muito da disputa que se inicia

O debate da TV Arapuan, reprisado ontem, trouxe um detalhe que já se prenunciava antes mesmo da campanha oficial. Na verdade, confirmou. Lucélio Cartaxo (PV) é o alvo preferencial dos concorrentes João Azevedo (PSB) e José Maranhão (MDB).

Isso ficou evidente durante todo o enfrentamento. Lucélio ficou todo tempo na mira de João e de Maranhão, que se revezaram em críticas e, em alguns momentos, até deboches contra o candidato do PV.

Cartaxo, por sua vez, evitou a contenda, se livrava das provocações sem esticar a corda, bem ao seu estilo moderado peculiar.

A estratégia de João é esperada. Azevedo sabe que Lucélio é o seu contraponto natural. “Surpreende” (a alguns nem tanto) que seja essa mesma tática de Maranhão.

De um candidato que se apresenta como de oposição se espera, em tese, o esforço da desconstrução do candidato governista, aquele a quem se busca se contrapor, suceder.

Pelo menos em situação normal. O que, como se vê, não é o caso dessa atípica eleição paraibana.

Está claro, Lucélio – candidato da oposição – é alvo de dupla mira: de João e de Maranhão. E isso revela muito para bons entendedores.

Vídeo

Secretário de Segurança da PB vê “muita coisa boa” no Plano de Moro


Terapia federal

No auge da sua experiência, Dona Candinha já sabe o que o Governo Bolsonaro mais precisa nesse momento:

"Divã!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com quantos deputados a oposição realmente conta na Assembleia?
NÚMERO

65 e 62

Idades mínimas para aposentadoria de homens e mulheres, respectivamente, constante da proposta do Governo Federal para a reforma da Previdência.