Opinião

Em revista à tropa

18 de julho de 2018 às 11h28 Por Heron Cid
Ricardo reuniu aliados para pedir empenho na campanha; encontro legou uma imagem pouco comum

Na reunião com a bancada governista, na Granja Santana, o governador Ricardo Coutinho alimentou os aliados com números de gestão e dados sobre a defesa do legado do PSB nos últimos anos no Governo da Paraíba.

O chamado cumpriu um propósito essencial: animar a tropa do Jardim Girassol com perspectivas de vitórias nas eleições próximas.

Coutinho também pediu empenho pró-João Azevedo (PSB) e Veneziano Vital (PSB) e abriu espaço para ouvir avaliações dos aliados sobre os passos da pré-campanha.

Deputados manifestaram a análise de que a base governista unida tem muita força. Outros alertaram para perigos de erros: o governo pode perder para ele mesmo.

No geral, a base aliada saiu satisfeita do encontro. A começar pelo gesto de prestígio dado na direção dos aliados, pouco comum em se tratando do estilo Ricardo de ser.

Vídeo

Vídeoentrevista: Jeová precisou vencer câncer, antes de ganhar eleição


Metando

Dona Candinha jura que Dilma deu um conselho a Fernando Haddad, nessa reta final de segundo turno:

"Deixa a meta aberta e depois dobra a meta!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Crítico contumaz do PT e voz ativa no impeachment, Cássio Cunha Lima ficará em silêncio no segundo turno?
NÚMERO

R$ 6,7 milhões

Valores de recursos aprovados pelo BNDES para projetos de recargas de veículos elétricos.