Opinião

Lucélio e Azevedo apresentam avant-première, em Campina

15 de julho de 2018 às 09h22 Por Heron Cid
Lucélio Cartaxo e João Azevedo fazem primeiro ensaio e dão pistas do tema do filme que protagonizarão em 2018

Campina Grande sediou ontem as cenas do primeiro embate entre Lucélio Cartaxo (PV), candidato da Oposição, e João Azevedo (PSB), ungido pelo governador Ricardo Coutinho para sua sucessão.

As duas estrelas do processo eleitoral de 2018 na Paraíba protagonizaram eventos na Rainha da Borborema, com característica e imagens de pré-convenção.

Como era de esperar, o tema do enredo retórico foi a própria cidade.

Lucélio explorou  na tela um sentimento latente entre a maioria dos campinenses. A queixa de certo desprezo e atenções abaixo do esperado do Estado com o segundo mais importante município da Paraíba.

“Quem vira as costas para Campina, vira as costas para a Paraíba”, solfejou o pré-candidato do PV, em discurso inflamado.

Take-tese rebatida por João, em fala ao lado do governador Ricardo Coutinho e reiterada por outros atores coadjuvantes.

No revide, Azevedo sacou do colete um número. Falou de R$ 1,7 bilhão na cidade nos oito anos de gestão do PSB:

“Esses investimentos, por si só, esvaziam o discurso da oposição e valem mais do que qualquer declaração em verso e prosa de amor à Campina”.

Um trailer do que virá, tendo Campina como set principal, em filme que promete muita ação e emoções.

Vídeo

Secretário de Segurança da PB vê “muita coisa boa” no Plano de Moro


Terapia federal

No auge da sua experiência, Dona Candinha já sabe o que o Governo Bolsonaro mais precisa nesse momento:

"Divã!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com quantos deputados a oposição realmente conta na Assembleia?
NÚMERO

65 e 62

Idades mínimas para aposentadoria de homens e mulheres, respectivamente, constante da proposta do Governo Federal para a reforma da Previdência.