Bastidores

História da Agulhas II: Carneiro acusa Mariz de ‘infectar’ vírus da mentira

14 de junho de 2018 às 18h49
Gilberto Carneiro, procurador-geral do Estado

A réplica ao procurador-geral de Campina Grande, José Mariz, veio da boca do procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, em mensagem ao Blog. Mariz disse que o Governo do Estado ou assume que falhou na segurança do Parque do Povo ou que mente e sabota o Maior São João do Mundo com a história das agulhas.

“Mais um pouco e o procurador José Mariz vai acabar dizendo que é culpa do Governo do Estado o calote que a PMCG deu nos artistas”, criticou..

“Deveria era proibir que agentes públicos se utilizem da festa com fins eleitorais. Se há alguma contaminação no São João de Campina é da política atrasada daqueles que não medem esforços para tirar de qualquer circunstância lucros para seus próprios interesses. Neste sentido, o procurador José Mariz já  poder ser acusado de infectar o São João de Campina com o vírus da mentira”, agulhou Carneiro.

Resposta de procurador para procurador.

Comentários

Vídeo

Entrevista: Conselho traça ‘guia econômico’ para candidatos ao Governo


Em bom português

Dona Candinha mandou um torpedo para Neymar, na Rússia!

"Meu filho, menos cabelo e mais futebol!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Os candidatos deram uma trégua na Copa ou a Copa deu uma trégua para eles?
NÚMERO

R$ 1 bilhão

Recursos para o Fundo Nacional de Seguranca, a ser retirado do Fies, segundo números da Folha de São Paulo, posteriormente negados pelo Governo Federal.