Bastidores

STF manda e PF prende amigos de Temer

29 de março de 2018 às 09h12
José Yunes, ex-assessor de Michel Temer
BRASÍLIA — O advogado José Yunes, amigo e ex-assessor do presidente Michel Temer, foi preso nesta quinta-feira, em São Paulo, pela Polícia Federal. Também foram presos o ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi, o dono da empresa Rodrimar, Antonio Celso Grecco, e o coronel reformado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho. As prisões foram determinadas pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), em decorrência do inquérito que apura irregularidades no decreto presidencial sobre o setor portuário. Os pedidos de prisão foram feitos pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

O Globo

Vídeo

Entrevista – Ludgério desabafa: política chegou ao fundo do poço


Em alta

Nem esperou o parecer dos especialistas no tema, Dona Candinha já sabe a profissão que vai ganhar destaque em 2019:

"Motorista!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Depois da Operação Calvário, em três estados, contra a Cruz Vermelha, qual medida o Governo da Paraíba adotará?
NÚMERO

0,7%

Percentual do aumento sobre o valor do diesel, informa Petrobrás.