Bastidores

STF manda e PF prende amigos de Temer

29 de Março de 2018 às 09h12
José Yunes, ex-assessor de Michel Temer
BRASÍLIA — O advogado José Yunes, amigo e ex-assessor do presidente Michel Temer, foi preso nesta quinta-feira, em São Paulo, pela Polícia Federal. Também foram presos o ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi, o dono da empresa Rodrimar, Antonio Celso Grecco, e o coronel reformado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho. As prisões foram determinadas pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), em decorrência do inquérito que apura irregularidades no decreto presidencial sobre o setor portuário. Os pedidos de prisão foram feitos pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

O Globo

Comentários

Vídeo

Entrevista: Polo de Tecnologia de JP criará ambiente de negócios


Esforço concentrado

De Dona Candinha, sobre a guerra fria entre setores do Governo e a vice-governadora da Paraíba:

"Querem transformar a "Amiga" em "Inimiga Lígia"!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se o PT souber que tem gente do PSB trabalhando para Aguinaldo Ribeiro ser o segundo senador na chapa?
NÚMERO

R$ 300 milhões

Valor dos recursos a serem investidos na continuidade da duplicação da BR-230 na Paraíba, obra que deve começar nos próximos dias.