Opinião

Luciano pensa e age ‘majoritário’; o que significa?

27 de março de 2018 às 10h55 Por Heron Cid
Luciano Cartaxo, prefeito de João Pessoa: na mesma eleição, Manoel Junior foi candidato a quase tudo

De muitas manchetes que a entrevista do prefeito Luciano Cartaxo (PV), ontem ao Frente a Frente, da TV Arapuan, foi capaz de produzir, uma representa muito da nova ‘vibe’ do seu grupo.

Quando o autor do Blog questionou sobre a possibilidade de reaproximação com o governador Ricardo Coutinho, Cartaxo disse muito falando pouco.

“Não está escrito que precisamos apoiar um ou outro lado. Aqui em João Pessoa, nós somos majoritários. Vencemos duas eleições seguidas, a última no primeiro turno”, cravou.

A tradução do sentimento é literal.

Luciano, agora com o guarda chuva natural do PV, não se sente mais obrigado a ser apoiador.

A nova roupagem lhe dá – por este raciocínio – a condição de seu grupo ser o apoiado.

Governando a maior estrutura de poder da Paraíba, depois do Governo, e liderando um projeto político a partir da Capital do Estado e todo seu raio de influência, Luciano se mexe para consolidar sua independência.

Numa só fala, um recado para todos os lados da política paraibana. Há vida fora da polarização das forças já tradicionais versus Ricardo.

Luciano quer assumir esse campo. A pré-candidatura de Lucélio Cartaxo (PV) ao Governo representa esse movimento.

Vídeo

Luís Tôrres: “Esse governo não precisa inventar”


Pra evitar confusão

Dona Candinha protestando contra a ministra Damares Alves:

"Abaixo o Outubro Rosa e o Novembro Azul!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Luciano Cartaxo fará uma reforma cosmética ou cirúrgica na equipe de gestão?
NÚMERO

1.500%

Aumento das buscas no Google pelo nome da ministra Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos, após polêmicas.