Bastidores

Por essa o Governo não esperava…

23 de Março de 2018 às 11h27
Carlos Beltrão impôs restrições a Azevedo e Ricardo, numa decisão pouco comum num benevolente TRE

A decisão do desembargador Carlos Beltrão, recém empossado, deu o tom de sua postura no Tribunal Regional Eleitoral.

Beltrão atendeu pedido do Ministério Público e proibiu a presença do secretário João Azevedo, ungido pré-candidato do PSB, de participar das sessões do Orçamento Democrático.

Foi além: recomendou que o governador Ricardo Coutinho se abstenha de fazer menções e propaganda velada à pré-candidatura socialista durante os eventos, pagos com o dinheiro público.

Pela brandura como vinha sendo tratado no TRE, o Governo experimentou pela primeira vez nos últimos anos uma decisão mais quente.

Comentários

Vídeo

Entrevista: Polo de Tecnologia de JP criará ambiente de negócios


Esforço concentrado

De Dona Candinha, sobre a guerra fria entre setores do Governo e a vice-governadora da Paraíba:

"Querem transformar a "Amiga" em "Inimiga Lígia"!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se o PT souber que tem gente do PSB trabalhando para Aguinaldo Ribeiro ser o segundo senador na chapa?
NÚMERO

R$ 300 milhões

Valor dos recursos a serem investidos na continuidade da duplicação da BR-230 na Paraíba, obra que deve começar nos próximos dias.