Opinião

Novela eleitoral da Paraíba está só no trailer

21 de março de 2018 às 10h49 Por Heron Cid
Política paraibana está na fase de ensaios; espetáculo só começa mesmo dia 5 de Agosto

Um aviso aos leitores. Tudo o que você estiver lendo, ouvindo ou vendo na imprensa, use como ferramenta para entender movimentos, mas dê um desconto.

Cada vez que acompanhar declarações, ensaios ou despistes da boca de políticos, lideranças e dirigentes partidários, não tire conclusões. Tire por menos. Eles estão tirando de doido.

Por que? O cenário eleitoral paraibano nunca esteve tão nebuloso, depois das últimas e bruscas mexidas no tabuleiro.

Nem os próprios atores desse palco sabem bem o que está acontecendo direito ou o que vai acontecer.

Há muito teatro e pouco enredo concreto.

Eles encarnam personagens de fortes, de ciosos, de donos da situação, mas, no fundo, não detêm controle das cenas que virão na narrativa de incógnitas.

Por uma fato: o desfecho de um protagonista depende do papel de vários contracenantes.

Sem definições de elenco, o tempo é de ensaios.

Cada qual vai fazendo o seu laboratório. Testa daqui, testa dali, para escolha dos melhores textos.

O 7 de abril funcionará como a estreia dessa novela. A decisão do governador Ricardo Coutinho definirá como a história começa.

O suspense, no entanto, será levado até 5 de agosto, data das convenções.

Até lá, nessa trama, todo mundo é vilão e todo mundo é mocinho. Todos brigando pelo final feliz.

Vídeo

Vídeo-comentário: Na Paraíba tem candidatos demais e propostas de menos


Mui amigos!

No “Dia do Amigo”, Dona Candinha lembrou de dois políticos paraibanos:

"Cássio e Ricardo!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Qual é o melhor nome para vice de João Azevedo, candidato do PSB ao Governo?
NÚMERO

48

Número de praias próprias para o banho, no fim de semana, no litoral paraibano, conforme classificação da Superintendência de Administração do Meio Ambiente.