Bastidores

Noquinha, novo prefeito interino de Bayeux, avisa: “Eu não sou Jesus”

21 de março de 2018 às 13h36
Noquinha avisa: não sou salvador da lavoura; vai pastorear a roça

A decisão do desembargador Arnóbio Alves, que afastou o prefeito Luiz Antônio (PSDB) da Prefeitura de Bayeux, não surpreendeu ao presidente da Câmara Municipal, Noquinha, sucessor imediato e prestes a ser empossado.

“Eu já esperava”, confessou Noquinha. Interrogado pelo Rádio Verdade – da Rede Arapuan de Rádios – o vereador emendou: “Pela situação da cidade e pelo processo do vídeo contra o prefeito”.

Noquinha adiantou aos seus municípios que vai tentar acertar, mas afastou qualquer papel de salvador da pátria. “Eu não sou Jesus e nem salvador da lavoura”.

“Vou tentar acertar, sou humilde e trabalhador, sou honesto. Eu gosto muito de ouvir, manter o que está certo e corrigir o que está errado. Vou conversar com todos os 17 vereadores”.

Vai precisar de muita saliva.

Vídeo

Vídeo-opinião: mortes no MST, violência no palanque


Solução Chevrolet

Dona Candinha acha que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, deve mudar o ministro da Casa Civil:

"Troca Onyx por Prisma!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ricardo Coutinho ocupará algum cargo, oficialmente, no futuro governo de João Azevedo?
NÚMERO

628 mil

Contribuintes que caíram na malha fina no Imposto de Renda 2018, segundo a Receita Federal.