Bastidores

Em missa de 7º dia em João Pessoa, tia de Marielle pede forças a Deus para perdoar

20 de março de 2018 às 19h24
Familiares e amigos durante missa em João Pessoa

Ao repórter Albemar Santos, do Portal MaisPB, Neves Correia, tia da vereadora Marielle Franco, agradeceu as homenagens que estão sendo prestadas à sobrinha e pediu forças a Deus para perdoar os assassinos de sua sobrinha.

“Não queremos vingança, queremos justiça e que Deus nos ajude pra nós perdoarmos essas pessoas”, rogou, durante missa de sétimo dia na Paróquia Menino Jesus de Praga, em João Pessoa.

Já a prima da carioca, Paula Cavalcanti, aproveitou o momento para clamar à população uma reflexão mais profunda sobre a política do Brasil.

“Para nossa família é um momento doloroso. É importante pedir que todas as pessoas façam uma reflexão no que vai definir o contexto de quatro anos em nossa vida”, conclamou.

Duas palavras que fazem todo o sentido. A segunda é mais fácil do que a primeira.

Vídeo

Vídeo-opinião: Bolsonaro, entre a confiança e a desconfiança


Daltônica

Dona Candinha olha para a símbolo do PSL, em que predomina o azul, mas só consegue ver outra cor:

"Laranja!!!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se, em vez de curandeiro espírita, João de Deus fosse um pastor evangélico, qual seria o tamanho das reações, protestos e ataques às igrejas?
NÚMERO

55%

Percentual que representava a Administração Pública, em 2016, para a economia dos municípios brasileiros.