Bastidores

Ruy evita polêmica com Romero e aciona modo “stand-by”

19 de março de 2018 às 11h16
Ruy Carneiro, presidente estadual do PSDB

Acusado de minar a pré-candidatura do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, ao Governo do Estado, o presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, assegurou ter uma boa relação com o gestor. Nesta segunda-feira (19) durante evento do partido sobre as mulheres, Ruy afirmou que irá esperar o fim do prazo para desincompatibilização de agentes públicos (7 de abril) para retomar articulações para o processo eleitoral.

O modo ‘stand-by’ foi ‘ativado’ após Romero anunciar que não renunciaria ao mandato para disputar as eleições. Ele acusou Carneiro de enfraquecer sua pré-candidatura ao citar repetidas vezes o nome de sua esposa, Micheline Rodrigues, como potencial candidata a vice-governadora em uma chapa encabeçada pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo.

Ao Portal MaisPB, Ruy Carneiro explicou que irá esperar “quem entra e quem sai” para analisar as definições e abrir uma nova discussão com os partidos que integram o grupo oposicionista.

MaisPB

Vídeo

Vídeo-opinião: MDA mostra: Lula tem energia, mas não será fácil acender poste


Extinção de periferia

Dona Candinha disse a Neta que se  Geraldo Alckmin vencer a eleição, o Brasil deixará de ter bairros. A sobrinha inventou de perguntar a razão e ouviu a seguinte resposta:

"Só vai ter Centrão!!!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Qual será a próxima prefeitura ‘alertada’ pelo Tribunal de Contas do Estado?
NÚMERO

33%

Aumento no número de servidores temporários, contratados pela Prefeitura de Campina Grande, no primeiro semestre de 2018, de acordo com alerta emitido pelo Tribunal de Contas do Estado.