Bastidores

Rômulo respeita saída e cita contribuição do PSD a Luciano

15 de março de 2018 às 20h19
Rômulo Gouveia tem alta médica neste sábado, em Campina Grande

Como antecipado no Blog, o presidente estadual do PSD, Romulo Gouveia, assinou nota elegante sobre a saída do prefeito Luciano Cartaxo do partido.

Sem melindrar com Luciano, Rômulo destacou todo seu empenho para contribuir com a vitória do prefeito em 2016 e no empenho em ajudar, via verbas federais; à gestão de João Pessoa.

“Com o apoio do PSD, o seu nome foi considerado o mais forte para comandar o nosso Estado”, ressaltou.

Nota

Ao Prefeito Luciano Cartaxo os nossos cumprimentos pelo ingresso a nova agremiação partidária. Agradecemos pelo tempo em que esteve junto aos ideais do Partido Social Democrático. É o momento de reafirmar, para que não existam dúvidas, o compromisso do meu mandato com o nosso estado, com a capital de todos os paraibanos e com a administração municipal. Seguirei em Brasília trabalhando na busca de investimentos e projetos como fiz junto ao então ministro das Cidades, hoje das Comunicações, Gilberto Kassab, com a liberação de recursos para a reforma do Parque da Lagoa, na contratação de grandes projetos habitacionais e de mobilidade, na adesão ao Programa Internet para todos e ainda na proposição de emendas parlamentares destinadas aos programas desenvolvidos pela gestão em todas as áreas. O PSD contribuiu muito na construção da candidatura do prefeito Luciano, ora reeleito em primeiro turno com quase 60% dos votos. Com o apoio do PSD, o seu nome foi considerado o mais forte para comandar o nosso Estado. O PSD segue firme com o propósito e o compromisso de contribuir com o desenvolvimento da Paraíba em defesa dos seus interesses.

Rômulo José de Gouveia

Deputado Federal

Presidente do Diretório Estadual do PSD

Vídeo

Vídeo-opinião: apesar de tudo, a esperança dos jovens não morreu


Teste de nervos

De olho no temperamento dos nossos candidatos, Dona Candinha chegou a conclusão de que o próximo presidente do Brasil não precisa entender muito de economia.

"Basta contar até dez...!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Se der Haddad e Bolsonaro no segundo turno, com quem o PSDB vota?
NÚMERO

R$ 827 bilhões

Volume de dívidas dos estados. Rio de Janeiro é o pior quadro com R$ 127 bilhões de débitos públicos.