Opinião

Por Previdência, políticos boicotam a reforma

6 de dezembro de 2017 às 11h23 Por Heron Cid

Dez em cada dez deputados e senadores sabem, no fundo, que a Reforma da Previdência no Brasil é um mal necessário.

Todos os especialistas de juízo apontam a quebradeira e a iminente falência de um sistema que precisa continuar vivo para garantir um colchão social aos menos providos de recursos financeiros.

Desvirtuada e equivocadamente aparelhada como uma mãe de leite, sem alimentação suficiente para se sustentar, a Previdência agoniza.

A Reforma é consenso. Todos os governos se mexeram e tentaram. Não fizeram. Uns por covardia, outros preocupados com suas reeleições.

O Governo Michel Temer deve repetir a mesma história. Quer fazer, mas lhe falta moral e força política para tocá-la.

E por que falta força política? Porque estamos, mais uma vez, à beira de um processo eleitoral. E os políticos estão preocupados mesmo é com seus mandatos.

Por previdência própria, boicotam o que precisa ser feito. Mais cedo ou mais tarde.

Portanto, pelo jogo da reeleição, adiar e jogar para frente é melhor. Para eles.

Comentários

Vídeo

Vídeo: o resultado do PIB da Paraíba num dia emblemático 


Passado e presente

Para Dona Candinha, a roubalheira está no DNA e na história do Brasil:

"Começou lá com Cabral (Pedro Álvares) e continua com o primo (Sérgio)!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Em qual outro Estado a instalação de um “varejão” vira motivo de debate político?
NÚMERO

90%

Dos municípios paraibanos tem na Administração Pública e na Seguridade Social (benefícios e aposentadorias) a atividade econômica predominante, segundo o IBGE.