Bastidores

“Serei um paraibano”, diz Dulcênio, novo bispo de Campina Grande

11 de outubro de 2017 às 12h34

“Por uma igreja que não vive na sacristia, mas caminhando com o povo”. Essa foi a palavra inicial de Dom Dulcênio Fontes, novo bispo de Campina Grande, durante entrevista ao Rádio Verdade, da Rede Arapuan de Rádios.

Ele se disse seguidor da linha do Papa Francisco: “Ele é um enviado de Deus”.

“Eu sou sergipano, agora sou alagoano e agora serei um paraibano”, brincou o religioso, prometendo devotar sua missão na Rainha da Borborema.

Amém.

Vídeo

Entrevista: Conselho traça ‘guia econômico’ para candidatos ao Governo


Atualizando

Dona Candinha disse que a fábrica Óleo de Peroba vai trocar a tradicional figura do índio pela imagem de outra personalidade brasileira:

"Favreto!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
É possível que cada uma das chapas só lancem um senador na eleição da Paraíba?
NÚMERO

11.154/2018

Número da Lei de autoria do deputado Jutahy Meneses (PRB), promulgada hoje na Paraíba, que obriga estabelecimentos comerciais a divulgar a Central de Atendimento à Mulher (Disque 180) e o Serviço de Denúncia de Violações aos Direitos Humanos (Disque 100).