Bastidores

Empresário Júnior Araújo explica marcha à ré do PPS

10 de outubro de 2017 às 10h28
Júnior Araújo, ao centro, quatro dias atrás com direção do PPS

Em ligação ao Blog, o empresário Júnior Araújo, ex-vice-prefeito de Cajazeiras, justificou seu recuo de filiação ao PPS, após anúncios e entrevistas.

Júnior disse que precisou recuar por questões políticas locais. O PPS na cidade votou contra o grupo do ex-prefeito Carlos Antônio (DEM), seu principal cabo eleitoral na cidade, e é comandado pelo vereador Jucinério Félix, ferrenho opositor.

Após a tratativa com o PPS, Carlos Antônio se opôs à filiação e levou Júnior a dar uma ré e ir Avante com Genival Matias e companhia.

Vídeo

Vídeo-opinião: apesar de tudo, a esperança dos jovens não morreu


Aprendeu

Ao ver a última pesquisa, Dona Candinha disse que Marina Silva está igual a Neymar:

"Só cai!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Maranhão segura até o fim do primeiro turno à força das estruturas políticas dos adversários?
NÚMERO

R$ 700 mil

Valor do sequestro determinado pelo Tribunal de Justiça nas contas de nove municípios da Paraíba.