Bastidores

Temer liga para Flávio José, cantor do Hino da Transposição

20 de março de 2017 às 15h24
Flávio José às margens do Rio Paraíba, em gravação para a Folha

Flávio José, sanfoneiro e intérprete que deu vida aos versos de Aracílio Araújo, em “Deixa o Rio Desaguar”, recebeu uma ligação há duas semanas do presidente da República, Michel Temer (PMDB).

Foi o que ele revelou à Folha de São Paulo nesse fim de semana, durante os preparativos do ato político em torno dos ex-presidentes Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Quem intermediou o contato foi o famoso cabeleiro Jassa, natural da Paraíba e amigo de Flávio.

“Eu estava em Campina Grande, tinha acabado de chegar de São Paulo. Jassa disse: ‘Tem um amigo meu aqui de São Paulo que quer falar com você’, e passou o telefone. ‘Oi, Flávio, aqui é o Michel Temer. Estou ligando para parabenizar pela música, muito bonita, chegou na hora certa'”, relatou o cantor.

A música a que o presidente se referia é “Deixe o Rio Desaguar”, de Aracílio Araújo, transformada, na interpretação de Flávio, numa espécie de hino da transposição.

Diferente do que disse Temer, a música foi gravada há mais de 20 anos e gravada por Flávio há 17 anos –no álbum “Seu Olhar Não Mente”, de 2000.

Vídeo

Vídeo: Guarda Militar, polêmica pra lá de temporária 


Seca

Dona Candinha sobre a novela do fim do racionamento em Campina Grande:

"O Governo quer acabar o racionamento, mas continua deixando os aliados com sede!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
O Brasil precisa de reforma política ou de reforma dos políticos?
NÚMEROS

154º

Posição do Brasil no ranking mundial de participação das mulheres no Parlamento, segundo a ONU.