Bastidores

Secom afasta suspeita de ato pró- Lula

20 de março de 2017 às 13h24

Acionado pelo Blog, o secretário de Comunicação do Estado, Luís Tôrres, assesgurou no começo da tarde de hoje inexistir um único centavo do Governo na logística e estrutura disponibilizada para o ato político em torno dos ex-presidentes Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Jornalistas e blogs nacionais levantaram questionamentos sobre a origem dos recursos e suspeitas sobre eventual patrocínio do Governo do Estado, dado o engajamento do governador Ricardo Coutinho (PSB) no evento.

Insinuação que o secretário contesta.

“À exceção, como ja havia dito, da logística de segurança e saúde, imprescindível para um público daquele porte e da presença de chefes de Estado e ex-presidentes da República, o governo do Estado não arcou com absolutamente nada. O governador Ricardo Coutinho participou de um visita a trecho da obra de Transposição e em seguida de um ato público de celebração das águas do São Francisco, assim como fez no último dia 10 de março, ao lado do presidente Michel Temer, quando do evento oficial de inauguração”, asseverou Luís.

Vídeo

Vídeo-opinião: apesar de tudo, a esperança dos jovens não morreu


Teste de nervos

De olho no temperamento dos nossos candidatos, Dona Candinha chegou a conclusão de que o próximo presidente do Brasil não precisa entender muito de economia.

"Basta contar até dez...!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Se der Haddad e Bolsonaro no segundo turno, com quem o PSDB vota?
NÚMERO

R$ 827 bilhões

Volume de dívidas dos estados. Rio de Janeiro é o pior quadro com R$ 127 bilhões de débitos públicos.