Bastidores

Dilma e a cara de pau

19 de março de 2017 às 22h23
Dilma ataca e usa a cara de pau

Em seu discurso em Monteiro, Cariri paraibano, a presidente Dilma Roussef acusou o presidente Michel Temer (PMDB) de mentir sobre a paternidade da Transposição do Rio São Francisco.

No auge da empolgação, Dilma chamou Temer, indiretamente, de “cara de pau” pelas supostas mentiras sobre a obra.

Ao contrário do que afirmou a ex-presidente, quando esteve na Paraíba, semana passada, o presidente se recusou a discutir a paternidade.

“Não quero a paternidade desta obra. A paternidade é do povo brasileiro”, expressou Temer, optando por uma fala diplomática. Diferente da (incendiária) de Dilma, uma semana depois.

Vídeo

Vídeo-comentário: quem tem medo de CPI?


Uma letra faz toda diferença

Dona Candinha, curta e grossa, sobre a nova viagem internacional do presidente Michel Temer:

"Enquanto ele está na ONU, a gente está no ônus!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Depois de um ano de debate, o arremedo feito no Congresso pode ser chamado de reforma?
NÚMEROS

78%

Percentual de desaprovação de imagem do presidente Michel Temer, na visão de jornalistas latino-americanos.