Bastidores

Efraim Filho: briga por paternidade é a “velha política”

18 de março de 2017 às 12h45

“Essa briga pela paternidade das obras públicas é a “Velha Política”: Arcaica, obsoleta, é alimentada pela militância de ambos os lados, que não conseguem perceber que a sociedade rechaça esse tipo de disputa”. O desabafo é do deputado federal Efraim Filho (DEM) e tem endereço certo: o PT e aliados na Paraíba.
“A ninguém é desconhecido que a obra iniciou no Governo Lula, passou por Dilma e foi concluída no Governo Temer. Mas o dono da obra é o povo”, disse o democrata.
Um discurso semelhante ao do senador Cássio Cunha Lima e, consequentemente, divergente do tom adotado pelo PSB da Paraíba.

Vídeo

Vídeo-opinião: apesar de tudo, a esperança dos jovens não morreu


Teste de nervos

De olho no temperamento dos nossos candidatos, Dona Candinha chegou a conclusão de que o próximo presidente do Brasil não precisa entender muito de economia.

"Basta contar até dez...!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Se der Haddad e Bolsonaro no segundo turno, com quem o PSDB vota?
NÚMERO

R$ 827 bilhões

Volume de dívidas dos estados. Rio de Janeiro é o pior quadro com R$ 127 bilhões de débitos públicos.