Bastidores

Trauma de CG e o cobertor curto

14 de Março de 2017 às 09h38
Hospital de Trauma de Campina Grande (Foto: Antônio Davi)

Para se adaptar à crise e contingenciamento de recursos, a direção do Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga, em Campina Grande, cortou cerca de R$ 1,1 milhão do custeio/mês.

O próprio Hospital assumiu a parte de higienização, antes terceirizada, reduziu o número de plantões médicos, aumentou o rigor na triagem e fez parcerias com faculdades privadas.

Mesmo assim, há déficits mensais e débitos se acumulam. O cobertor ainda continua curto demais.

Comentários

Vídeo

Vídeo: o resultado do PIB da Paraíba num dia emblemático 


Passado e presente

Para Dona Candinha, a roubalheira está no DNA e na história do Brasil:

"Começou lá com Cabral (Pedro Álvares) e continua com o primo (Sérgio)!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
O que o PSB acha da opinião de Ciro sobre a candidatura de Lígia e o papel dela como vice?
NÚMERO

90%

Dos municípios paraibanos tem na Administração Pública e na Seguridade Social (benefícios e aposentadorias) a atividade econômica predominante, segundo o IBGE.