Bastidores

Antônio exagera no enfrentamento a Lira

14 de março de 2017 às 09h30

A voracidade com que o tesoureiro do PMDB, Antônio Souza, tenta enquadrar o senador Raimundo Lira é desproporcional.

O mesmo PMDB convive bem, com direito até a solução de criação de uma bancada autônoma, só para conciliar governistas e oposição na Assembleia.

Por que a mão pesada em cima de um senador com as mesmas inclinações pró-Ricardo dos deputados estaduais Nabor Wanderley e Jullys Roberto, até então nunca censurados pela sigla?

Vídeo

Vídeo-opinião: Marina, a única que ameaça ascensão de Bolsonaro


Saúde

Para Dona Candinha, depois da coletiva de hoje, a relação do senador José Maranhão com o Governo adoeceu:

"Foi para a UTI!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
João Azevedo e Lucélio Cartaxo se aguentam até quando sem nenhuma alfinetada em José Maranhão?
NÚMERO

48,9

Patamar de confiança da micro e pequena empresa que cresceu, mas segue em baixo patamar, apontam CNDL/SPC Brasil.