Bastidores

Haja coração!

15 de fevereiro de 2017 às 07h10

Atilado na escrita, e não menos ousado no verbo, o secretário Luís Tôrres (foto) vocalizou um recado pouco amistoso, ontem. Com voz pausada e mansa, ele mandou dizer a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) que parte do Governo se incomoda quando adversários fazem o que os aliados evitam: elogiá-la. O que não deixa de ser uma ironia.

Vídeo

Vídeo: Guarda Militar, polêmica pra lá de temporária 


Seca

Dona Candinha sobre a novela do fim do racionamento em Campina Grande:

"O Governo quer acabar o racionamento, mas continua deixando os aliados com sede!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
O Brasil precisa de reforma política ou de reforma dos políticos?
NÚMEROS

154º

Posição do Brasil no ranking mundial de participação das mulheres no Parlamento, segundo a ONU.